Cidade

Comércio irregular em Lagoa Santa prejudica comerciantes locais



O comércio irregular em Lagoa Santa tem incomodado e prejudicado comerciantes que alegam pagar impostos e estarem legalmente instituídos e constantemente fiscalizados pelo setor competente da Prefeitura. Nos últimos meses vem proliferando por todos os cantos da cidade caminhões com móveis, doces, queijos, redes, óculos, etc. O Coordenador de Fiscalização, Sr Florindo Albino Neto (Capitão Neto) no inicio de Dezembro, recebeu Ofício encaminhado pela ACE – Associação Comercial de Lagoa Santa, pedindo providências e lembrando que existe, no caso de óculos, uma Lei Estadual n° 15177/2004 que em seu Artigo 1º diz o seguinte: “Fica proibida a comercialização de lentes de contato, de óculos com grau, bem como óculos de proteção solar com ou sem grau, etc...etc...” Lei essa, que estabelece apreensão da mercadoria e estipula multa de R$ 500,00 a R$ 5.000,00 ao infrator.

Esta irregularidade é uma prática de concorrência desleal com comerciantes que recolhem impostos e contratam mão de obra local. Apresentamos algumas fotos que foram tiradas por associados da ACE – Associação Comercial que comprovam que até o presente momento nada foi feito para a solução deste caso. Em Novembro de 2014 o vereador Robertinho também enviou Ofício ao coordenador de Fiscalização, Sr Neto solicitando providências e a implantação de plantão nos fins de semana para coibir o desrespeito e abuso.

Nota do JD – Jornal Diferente
Sendo do interesse do encarregado do setor de fiscalização, o JD – Jornal Diferente divulgará as medidas efetivamente tomadas e os resultados obtidos.







 

A História de uma Pequena Grande Miss



Isabella Félix tem somente 15 anos e um sonho recorrente, o de um dia se tornar, modelo ou atriz.  Há um ano e meio vem exercitando com afinco as habilidades necessárias para tal. Fisicamente, Deus lhe deu características marcantes e expressivas para tão cobiçada conquista. Mede 1,68cm, pesa 55k, tem 83cm de busto, 66 de cintura, 69 de quadril, 102 de pernas e olhos verdes de tirar o fôlego, mas o mais importante, traduzem a serenidade de uma alma juvenil. Com estes atributos, já venceu suas primeiras batalhas nas passarelas de uma vida primaveril.

O primeiro título foi aos 14 anos, em Maio de 2013, o de Miss Lagoa Santa. Logo após veio o Miss Beleza Nacional de Minas Gerais, quando venceu outras 15 candidatas. Alçando vôos maiores, venceu também outras 9 candidatas e sobranceiramente passou a ostentar o título de Miss Minas Gerais Naciones Teen e logo em seguida, partindo para sua primeira conquista nacional, desta vez, contra 17 oponentes de peso, venceu a disputa pelo título de Miss Brasil Naciones Teen/2014. Disputou quatro títulos, venceu todos, e agora se prepara para disputar mais um, como única representante do Brasil, o título de Miss Universo Teen em Lima, Peru.  Alguém duvida de mais uma vitória? Claro que não! Isabella é consciente de seu sonho, não transige e tem os pés no chão. Obstinada, diz que está preparada para competir. Há, e não se assuste! Isabella estuda e cursa o 1º ano do Ensino Fundamental, no Instituto Ebenezer.

E para surpresa geral é Evangélica e freqüenta todos os dias de culto, a Igreja Pentecostal na Terra Prometida, cuja grande incentivadora é a Pastora Simone.  Isabella diz modestamente que é bom representar sua Cidade e o Estado e quer seguir em frente, alcançando destaque, pois, sonha através de suas conquistas, contribuir com obras sociais e benemerentes. Pasmem! Esta menina já sofreu bullyng e até já foi intimidada com canivete por causa de sua beleza, quem diria! Nada que a tivesse intimidado verdadeiramente, pois demonstra ter personalidade bastante para prosseguir como vencedora no concurso da vida. Isabella diz que é boa aluna e que o que mais a fascina é a passarela e a fotografia. É capaz de ficar horas sorrindo e posando diante do espocar dos flashes.  Apesar da pouca idade, já começa a ganhar algum dinheirinho com a profissão. Isabella faz questão de agradecer ao Luiz Carlos (Colunista Social do JD – Jornal Diferente e da Revista Foco Diferente) e notório Coordenador dos Concursos de Miss em Lagoa Santa, pelas dicas, ensinamentos e primeira oportunidade.

Isabella faz questão de afirmar que gosta do que faz e que nunca foi forçada pelos pais a seguir esta carreira, tudo o que faz é por vontade e desejo próprios e emenda: “Quero provar que sou capaz de realizar meu sonho”. Para a jovem Miss, nestes últimos meses amadureceu bastante, mas nunca deixou de ser criança também. A jovem Miss quer poder mostrar aos filhos uma história de superação e aos jovens que se espelham nela que tudo é possível, com determinação e garra. Isabella encerra esta entrevista dizendo o que seu pai, que a incentiva bastante, sempre diz: “Acredite sempre em você, ganhando ou perdendo, para mim você será sempre o 1º lugar”.






 

Secretário de Saúde de Lagoa Santa informa a quantidade de médicos que atendem na cidade



O Secretário de Saúde de Lagoa Santa, Fabiano Moreira, respondendo a informações infundadas sobre o baixo número de médicos em Lagoa Santa em texto enviado à imprensa diz em resumo o seguinte: “A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza como parâmetro ideal de atenção à saúde da população a relação de 1 médico para cada 1.000 habitantes.
Como Lagoa Santa possui quase 60 mil, deveríamos ter 60 médicos na cidade. Abaixo segue lista de todos os médicos por setor, sendo que nos Postos de Saúde temos ampla maioria, 2 médicos por equipe de PSF, onde a Portaria 648 do Ministério da Saúde determina que seja 1 médico por equipe.
O que ocorre é que muitas pessoas querem o atendimento na hora, mesmo não sendo urgência, não entendendo que muitas vezes os médicos estejam em visitas domiciliares (Conforme Portaria 648 do MS), em dias específicos para atender gestantes, idosos, hipertensos, diabéticos, recém-nascidos, etc.
Afirmo que Lagoa Santa é uma das cidades mais bem servidas de “Corpo Clínico” de nossa região, mas precisamos contar com o entendimento e a colaboração das pessoas.”

Médicos nos Postos de Saúde da Família e Provab: Total: 28.

Médicos Especialistas: Total: 27 (Pediatra, Clínicos, Ortopedistas, Ginecologista, Urologista, Infectologista, Endocrinologista, Oftalmologista, Otorrino, neurologista, Dermatologista, Angiologista, Cirurgião e Pneumologista)

Corpo Clínico PAM: Total: 46 (23 Clínicos, 14 Ortopedistas, 9 Pediatras)
Total atualizado em: 12/12/2014 = 101 médicos


Fala do Secretário de Saúde quanto à Santa Casa

Em decisão recente, a Juíza Dra. Sandra Salette da Silva da 1ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais de Lagoa Santa, nomeou uma Comissão para gerir a Santa Casa de Lagoa Santa, nos próximos meses, com os nomes de duas pessoas, que particularmente desconhecemos. Os nomes não contemplam nenhuma instância do MP, da Câmara de Vereadores de Lagoa Santa e do SUS (Prefeitura, Estado e Ministério da Saúde). Além disso, foi designada para o mês de Março/2015 audiência de conciliação. Lamentamos tudo isso. Pois um hospital fechado merecia ações mais céleres e uma visão mais técnica do processo. Vamos recorrer junto ao TJMG URGENTEMENTE. Enquanto isso, na prática, a Prefeitura passa a não ter qualquer poder e responsabilidade nesse processo de reabertura do Hospital. O que entendemos ser delicado, pois o mesmo só poderá reabrir com a participação do município, pois somente ele, o município, pode assinar as contratualizações do SUS. A não ser que eventualmente o interesse seja outro, abrir 100% particular. O que na prática também não é legal, pois o patrimônio é SUS, e o terreno e o prédio são do município. Enfim, decisão judicial se respeita, mas cabe recurso.
Abraços Fabiano Moreira.

 

Aniversário de Lagoa Santa (Mitos, Verdades e... algumas Bobagens)



1733 é a data de grande e magna importância para nossa cidade, pois inaugura nossos 281 anos de existência. Oficial e documentada, a data é 1738, mas tudo bem, aceita-se, 1733 como a da fundação da cidade, que é quando aqui chegou Felipe Rodrigues com suas chagas e perebas, carregando  em sua algibeira os sonhos de um tropeiro viajante tupiniquim (teria sido  ele o criador do nosso delicioso  feijão tropeiro).
Não importa! O Felipão I (Felipe Rodrigues das perebas), jogador retranqueiro e grande becão da roça, também primeiro cartola do famoso Clube futebolístico: “Lagoa Santa Futebol Clube”, inúmeras vezes campeão local; ao longo dos anos, curou-se das chagas e das mazelas do estigma de grande butineiro quando acabou transformando estas águas da Lagoa Central em um tremendo sucesso global, ou será luso-brasiliensis¿ Bom, não importa também!

Por causa dele, ou de suas perebas, a fama levou nossas águas milagrosas e poluídas a cruzarem fronteiras em navios negreiros e em tonéis de carvalho contrabandeados para terras d’alem mar. Entenderam¿ No fundo, no fundo, a história real e verdadeira registra o seguinte: Seguidores e admiradores da Rainha Dona Leonor, a última Rainha Consorte, ou será Sem sorte, não sei não¿ deixou influências negativas para nossa cidade e nos prejudicou nesta história das exportações da água da Lagoa Central mais de 200 anos após.
Leonor de Avis havia criado as termas de Caldas em 1485 (Em Portugal, correto!), 15 anos antes do descobrimento do “Pau Brasil”, um lugar de águas cálidas e fumegantes, depois denominada “Caldas da Rainha”, que teve seguidores, que naquela época já viviam de benesses fumegantes e encontros cálidos homossexuais saunísticos, que acabaram considerando concorrência desleal e grande afronta a importação das águas de Lagoa Santa e tudo fizeram para acabar com a exportação das nossas águas Lagoasantenses, pois faziam frente às famosas, ainda hoje, fontes de Caldas da Rainha, em Portugal, em Portugal viu! (diferentemente do que consta em um livro “Oficial” aqui destas paragens, escrito por Lagoasantense de boa cepa e patrocinado (bancado com dinheiro do povo) na Prefeitança de um certo Prefeito descuidado, que se recusa a largar o osso ainda hoje. Lá no livro, bancado com o dinheiro do povo, diz o seguinte: “ Caldas, no Sul  de Minas”.

É hilário mas é verdade, está registrado para a posteridade, basta conferir. No afã de se jogar para a galera, muita bobagem foi dita ou perpetrada nestas plagas e o pior é que ainda continuam sendo ditas.
A informação correta e histórica deveria ter sido: Caldas “Da Rainha” em Portugal, e não no Sul de Minas e tenho dito! Mas fazer o quê¿ Agora mesmo leio em um jornal daqui também, a seguinte infâmia, ou será  desinformação, ou terá sido,falta de compromisso com o leitor, bom, deixa pra lá: “ Quase um século depois , chegaria a Lagoa Santa o cientista e paleontólogo(sic) dinamarquês, Peter Wilhem Lund , que após várias pesquisas em outras regiões do Brasil, se instalou em Lagoa Santa, onde realizou diversas grandiosas descobertas.  
Por aqui viveu durante 46 anos, dedicando-se veementemente aos estudos da região com seu assistente e ilustrador, P.  Andreas Brandt, e juntos exploraram mais de 800 cavernas, onde se deu o maior achado: o fóssil humano mais antigo do Brasil, de Luzia (sic), com 13 mil anos, ao lado de ossos de mamíferos da conhecida como megafauna como o tigre dente de sabre(sic), o correto é: (Tigre-dentes-de-sabre) etc, etc. Na realidade, Lund não achou o crânio da Luzia, quem o achou, foi Annette Laming, arqueóloga e pesquisadora francesa que aqui esteve pelos idos de 1970.
E para terminar, o prédio da Escola Dr. Lund, nunca foi moradia do Dr. Lund,  segundo a historiadora Maria Marilda, o prédio foi inaugurado em 1914, ou seja, por volta de 30 anos após sua morte. Mas mesmo assim, Parabéns Lagoa Santa.

Papai Noel chegou à Lagoa Santa em grande estilo
Por Luiz Carlos (Colunista Social)

Dia 20 de dezembro de 2014 às 20h na orla da lagoa foi Inaugurada a árvore de Natal de Lagoa Santa.
A criançada se divertiu também com a chegada do Papai Noel e depois junto com seus pais puderam curtir vários shows com o Grupo Guararás – Dança Folclórica, Canto de Minas – Coral e Banda e Trio Amadeus – Erudito e Popular.
A abertura e o fechamento do Evento, contou com a presença do Prefeito Dr. Fernando.








 

Trânsito de Lagoa Santa será municipalizado



No dia 10 de setembro do corrente, o Prefeito Dr. Fernando Pereira Gomes Neto encaminhou à Câmara Municipal projeto de lei que “Dispõe sobre a instituição e implantação do Sistema Municipal de Transporte e Trânsito, cria o Conselho Municipal de Transporte e Trânsito, o Fundo Municipal de Trânsito, regulamenta o Departamento de Transportes e Trânsito, institui a Junta Administrativa de Recursos de Infrações - JARI e dá outras providências.”
O Código de Trânsito Brasileiro - CTB prevê a divisão de responsabilidades e uma sólida parceria entre órgãos federais, estaduais e municipais, num espírito federativo.
Desta forma, compete aos órgãos executivos municipais de trânsito exercer 21 (vinte e uma) atribuições. Preenchidos os requisitos para a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito, ele assume a responsabilidade pelo planejamento, projeto, operação e  fiscalização, tanto no perímetro urbano quanto nas estradas municipais. A Prefeitura passa a desempenhar tarefas de sinalização, fiscalização, aplicação de penalidades e educação para o trânsito e inclusive a implantação de estacionamentos rotativos (Faixa Azul).
Os municípios em particular, tiveram sua esfera de competência substancialmente ampliada no tratamento das questões de trânsito. Aliás, nada mais justo se considerarmos que é nele que o cidadão efetivamente mora, trabalha e se movimenta, ali encontrando sua circunstância concreta e imediata de vida comunitária e expressão política, afirma o Diretor da Translago Roberto Félix.
Segundo o diretor, o crescimento do número de veículos e a inobservância das leis de trânsito por parte dos motoristas acarreta o aumento das infrações, que precisa ser fiscalizada e punida conforme a lei, sendo essa responsabilidade do município. Como o município não está completamente integrado ao SNT – Sistema Nacional de Trânsito, atualmente essa fiscalização deve ser realizada pela Polícia Militar de Minas Gerais, através de convênio, porém, devido ao efetivo reduzido e o aumento da demanda relacionada à segurança pública a efetividade da fiscalização fica bastante comprometida. Os procedimentos necessários para o lançamento de multas, encaminhamento de recursos, etc., são realizados pelo DETRAN-MG, também através de convênio com a Polícia Civil de Minas Gerais.
Daí a importância da Câmara Municipal apreciar o projeto de lei nº 4.049/2014 com a maior brevidade possível, haja vista que temos várias etapas a seguir, como por exemplo, contrato com a PRODEMGE que é detentora do banco de dados do DETRAN/MG para processamento das multas, o envio de um novo projeto de lei para a Câmara Municipal estabelecendo os critérios da cobrança do estacionamento rotativo (Faixa Azul), bem como a publicação de Decreto do Prefeito Dr. Fernando regulamentado a matéria.

 

Parceria entre Prefeitura e Polícia Militar traz sede da 181ª para o centro da cidade



Foi inaugurada na manhã da terça-feira, 9/12, a nova sede da 181ª Companhia da Polícia Militar de Minas Gerais de Lagoa Santa. Localizada na região central da cidade (rua Marechal Deodoro da Fonseca, nº 142, Centro) a nova sede vai possibilitar uma maior proximidade entre a Unidade e a população.
A transferência da 181ª Companhia para o centro da cidade em local exclusivo para uso da PM se deu através de parceria entre a PM e a Prefeitura que cedeu o espaço para acomodações dos serviços que antes ocupavam espaço no prédio da Polícia Civil.
Para o prefeito, Dr. Fernando, é um dever da gestão municipal criar condições adequadas para que o serviço de segurança pública seja bem desempenhado na cidade. “É uma honra poder ver a polícia bem instalada, trabalhando com dignidade e vontade, elevando a sensação de segurança do cidadão”, afirmou.
De acordo com o comandante da 3ª Região da Polícia Militar, Coronel Alves, o espaço cedido pela Prefeitura representa a materialização de um sonho antigo. “Agradeço a Prefeitura que por meio de parceria com 181ª Cia vai proporcionar melhores condições de trabalho para nossos policiais, o que voltará para a população numa melhor prestação de serviços.
Além de promover a proximidade da população com a Unidade Policial , a nova sede vai permitir melhores condições de atendimento ao cidadão, atuando também de forma eficiente na solução de problemas de segurança pública e contribuindo para ações educativas em integração com os órgãos públicos.
Para o Comandante da 181ª Companhia, Tenente J. Silva, as instalações vão permitir uma nova referência de polícia mais acessível a população.

181ª Companhia de Polícia Militar de Minas Gerias
A 181ª Companhia pertence a 3ª Região da Polícia Militar e atualmente é comandada pelo Tenente J. Silva. Em breve a Companhia vai ser elevada a Companhia Especial, o que garantirá um efetivo policial maior para a cidade.

 

Escola da Inteligência faz balanço de 1º ano de implantação



A Secretaria de Educação apresentou na manhã da última segunda-feira, 15/12, no auditório da Escola Dr. Lund o relatório anual das melhorias obtidas nas escolas após a implantação do Programa Escola da Inteligência. Participaram do evento os diretores das escolas da rede municipal de ensino.
Implantado em março de 2014 nas escolas da rede municipal de ensino, o programa que tem como objetivo aprimorar as práticas intelectuais e promover a saúde emocional contribuiu para melhorias no nível de ansiedade, vocabulário e autoestima dos alunos.
De acordo com a gerente de ensino da Escola da Inteligência, Adriana Lima, os dados obtidos após a avaliação de alunos e professores também apontou que o programa contribuiu para a redução do índice de violência nas instituições, melhorando em 96,5% o relacionamento entre alunos, pais e professores.
Para a professora Lucilene Vieira, o programa veio para confirmar a importância de trabalhar dentro das escolas, o emocional, “acredito que é importante trabalhar conteúdo didático mas é bom trabalhar as emoções” disse.
A aluna do 9º ano da Escola Municipal Professor Mello Teixeira, Camila Francisco, aproveitou o evento para destacar a importância do programa. “O programa foi uma benção na minha vida, ajudou a trabalhar a ansiedade e conhecer melhor os colegas e os professores”, afirmou.
Contente com os resultados obtidos e certa de que no próximo ano os dados serão ainda mais satisfatórios, a secretária de Educação, Daniela Alves, destacou que, “a busca pela implantação do programa na cidade partiu da preocupação da gestão com a saúde do professor, e o desempenho dos alunos”. afirmou.
Lagoa Santa é a primeira cidade de Minas Gerais a implantar o programa nas escolas da rede pública de ensino sendo exemplo de índices positivos para outros municípios.
 

Aniversário de Lagoa Santa em grande estilo



Cidade Predestinada

Trechos extraídos do livro, “Lagoa Santa, sua história e sua gente” de autoria do Dr. Paulo C. Mendonça

“Poucas cidades, poucas regiões em Minas Gerais possuem uma história tão fascinante como a de Lagoa Santa. A presença humana em nossa região foi comprovada pelas pesquisas arqueológicas de Peter Wilhelm Lund, - notável cientista dinamarquês, cognominado “o pai da paleontologia brasileira” – como existente há mais de dez mil anos. Em suas andanças pelo sertão mineiro, Lund aqui estabeleceu residência, concentrando suas pesquisas em grutas e lapas da região. Inúmeros restos fósseis existentes em museus e universidades pelo mundo afora reafirmam a existência do homem americano, o “Homem de Lagoa Santa”, contemporâneo da era pleistocênica. Minas Gerais é diferente! Muitos já o disseram. É diferente o seu relevo, o seu solo, a sua gente. E Lagoa Santa encarna bem essa diferença. Aqui está o Rio das Velhas, a traçar-lhe os limites, destacando seus vales e lagoas calcárias e seu solo quartzoso, prenhe de riquezas. Ali está o Maciço do Espinhaço (Serra do Cipó), cortando Minas de sul a norte, de onde os aventureiros e a Coroa de Portugal extraíram milhares de toneladas de ouro e centenas de quilates de diamantes que fizeram a riqueza da Europa. Por aqui crescem as essências, enfeitadas de orquídeas e o cerrado, adornado por bromélias e pequizeiros. Aqui vive a gente mansa, que “dá um boi para não entrar numa briga e uma boiada para dela não sair”. “Aqui sim! É um belo lugar de se viver!” dizia Peter Wilhelm Lund.”

A bandeira de Fernão Dias...


“A história da região está ligada à dos primeiros desbravadores, à de Fernão Dias Paes Leme, que aqui esteve com sua bandeira criando seu primeiro povoado. Estacionado com sua bandeira na região do Sumidouro por quatro longos anos, ali o bandeirante fincou as raízes de nossa formação, deixando lições de bravura que vieram a servir de exemplo para o nosso povo. Semeando o progresso pelo sertão, a bandeira de Fernão Dias fincou mastro próximo ao local que os indígenas chamavam Anhanhancanhuva, ali fundando um arraial a que chamaram de Sumidouro.” “A história conta o singular drama vivido então, (o enforcamento do próprio filho bastardo José Dias Paes) indicando o Sumidouro como o primeiro e efetivo pouso da bandeira de Fernão Dias.”

O Sumidouro...
“A cerca de três quilômetros do Rio das Velhas, localiza-se o antigo Anhanhancanhuva, o sumidouro do Rio das Velhas. Lá estão a Lagoa do Sumidouro, onde deságua o Córrego dos Poções, e o Maciço do Sumidouro, imponente formação rochosa, de aproximadamente trinta metros de altura, que contém o referido córrego.
Este nasce na fazenda do Bebedouro, atravessa terras das fazendas Samambaia, Poções e Sobrado e, pelo vale, vem formar a Lagoa do Sumidouro, junto ao distrito de Fidalgo, no município de Pedro Leopoldo.
No maciço, as águas encontram fendas por onde se escoam. À lapa, os nativos denominavam Anhanhancanhuva, ou “o local onde está o sumidouro”.”



...E o Fidalgo!

Borba Gato percorreu as barrancas do Rio das Velhas, situado a quinhentos metros da “Casa Fernão Dias”, edificação tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico. É singelo o local, em que pese sua importância histórica para Minas Gerais. Fernão Dias e sua bandeira, Borba Gato, o Rio das Velhas e o Sabarabuçu e, ainda, D. Rodrigo de Castelo Branco “o fidalgo” (Morto por Borba Gato), são componentes notáveis da epopéia de nossa colonização e Lagoa Santa, palco onde se desenrolaram dezenas daqueles atos.” “Pelo vale do Rio das Velhas, possante torrente que os indígenas chamavam de Guaicuí, desceu a bandeira atravessando córregos e ribeirões, até chegar ao platô, em cujo fundo os bandeirantes vislumbraram uma grande lagoa a que denominaram Alagoa Grande, ou Alagoa Grande do Sabarabuçu.”

A fama da Lagoa “Santa”
“A fama curativa das águas da lagoa ganhava corpo e a região passou a ser conhecida como Alagoa das Congonhas do Sabará e, ainda no século XVIII, passou a ser chamada Lagoa Santa. Repercutia por toda a província e mesmo em Portugal, a fama do lugar. Pessoas de todas as regiões acorriam à terra. Crescia a população: Lagoa Santa já era um povoado.
Os problemas se multiplicavam e todos oravam a Nossa Senhora da Saúde, em busca da cura de seus males. Cientistas e sábios se aventuravam pelos sertões brasileiros patrocinados por seus países de origem.
Chega à terra o sábio dinamarquês Peter Wilhelm Lund e deslumbra-se com o clima e com a presença de inúmeros restos fósseis.”



A Fundação da cidade
“...o primeiro morador das margens da Lagoa Grande foi Felipe Rodrigues que, em 1733, se estabeleceu junto ao pequeno sangradouro, cultivando cereais e plantando cana, tendo erigido um pequeno engenho de aguardente. Em anos posteriores, vieram outros, não se notando, até 1747, nenhum povoado. Felipe Rodrigues foi, ao que parece, o primeiro a revelar as virtudes curativas das águas da lagoa, que viria a denominar-se santa. Segundo a narrativa, declarou o considerado fundador da localidade, Felipe Rodrigues, ao padre Antonio de Miranda, que residia em Sabará que, quando ali chegara, era portador de setenta e duas gomas abertas e depois de ter tomado, por duas vezes,  cura do azougue, o que somente fez lavar as chagas com aquela água e com dois meses de tempo se achou inteiramente são.”
“Seja lá como for Lagoa Santa é um dos tesouros com que a Providência Divina dotou nossa terra, e do qual não temos sabido tirar um útil partido. No século XVIII, a fama das águas da Lagoa Santa espalhou-se tanto que mercê das espantosas curas que realizava, para Lisboa se exportavam barris, onde eram vendidos por altos preços, com enorme consumo. Foi necessária providência régia,proibindo este comércio que, conforme escreve o Dr. Augusto da Silva Cardoso, estava prejudicando o consumo das águas de Caldas, em Portugal”.”



O Autor



Nosso querido amigo Dr. Paulo C. Mendonça, advogado militante, espírito inquieto e empreendedor veio morar em Lagoa Santa no ano de 1972, desde então, envolveu-se na política e em vários empreendimentos comerciais e culturais.
Publicou o Livro “O Tesouro de Borba Gato” e “Lagoa Santa, sua história e sua gente” que você pode adquirir na loja NoFrontiers da também nossa amiga Sandra Issida (Presidente da AMAVC) cujo endereço é: Rua Acadêmico Nilo Figueiredo, 2525, Bairro Santos Dumont 3681-3735 ou no NUMBER ONE de outra grande amiga Cylene, filha do autor, Rua Tabelião José Camilo, 99 - Centro, 3681-1411.



Nota do JD-Jornal Diferente
Lagoa Santa, cidade aprazível no presente e em franca evolução. No passado, berço de inúmeras vitórias, encantamentos e descobertas. No futuro que nos abrigue em todo o seu esplendor e fascínio. Parabéns!
 

Cimentos Liz apresenta primeira Mostra Cultural do Projeto Corpo Cidadão

A ONG Corpo Cidadão, uma iniciativa do Grupo Corpo, apresentou sua mostra de 2014, denominada “O Lugar do Corpo”, uma retrospectiva do primeiro ano de parceria com a Cimentos Liz.
A Mostra foi o resultado do patrocínio da Cimentos Liz, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e foi exibida no dia 7 de dezembro, domingo, às 16h, no Centro de Educação Ambiental Cimentos Liz, em Lagoa Santa.  A apresentação “O Lugar do Corpo” foi totalmente construída pelas crianças e jovens, que se envolveram na definição de cada detalhe do espetáculo. O trabalho apresentado pelos jovens foi original, com cenários, figurino, adereços, trilha sonora, coreografias exclusivas, especialmente preparadas para o Corpo Cidadão.
Além de cerca de cem crianças e jovens envolvidos, apresentaram-se os Grupos Experimentais de Dança Contemporânea, Danças Urbanas e de Música da Unidade Corpo Cidadão de Belo Horizonte.
A entrada foi gratuita e aberta a todos os interessados.

O Lugar do Corpo
O ano é 2014, espaço e tempo onde nossos corpos se movem. Ano de Copa, eleições, gigantes acordando e dormindo novamente. Mas, sobretudo, para nós, um ano de arte!
Que lugar meu corpo ocupa na sociedade contemporânea? Corpo, para que você serve? Corpo que leva alma para bailar, onde histórias são contadas entre baiões, sambas e raps. Onde o olho fala, o namoro é antigo, e onde um urubu pode entrar em rota de colisão com o racionamento de água de um consumidor louco. Com temas variados e uma trilha sonora diversificada, composta em seus mais de quinze anos de existência e persistência, a ONG Corpo Cidadão, apresentou ao público, seu mais novo espetáculo: “O Lugar do Corpo”.

O espetáculo recupera histórias antigas e cria uma roda de atividades artísticas. Casos costurados nesses anos de dedicação à arte e ao sonho das crianças. Um giro pela história do projeto, como um corpo que busca ocupar o seu lugar na cidade, na cultura, na vida. Os números apresentados foram criados pelos educadores em parceria com os participantes do projeto. Arte para nós é um catavento gigante de mil cores que traz um sopro de energia para nossa realidade, que por vezes se mostra tão dura.  E é através da Arte que mostramos toda a capacidade criadora das crianças e jovens que participam do nosso projeto social, com foco sempre na autonomia dos indivíduos.
E afinal de contas, o que é ser Corpo Cidadão? Ser Corpo Cidadão é sentar em roda, frente a frente, se reinventando e se respeitando todos os dias. É criar um espaço para criança ser criança, onde a Arte possui um lugar de destaque na formação do individuo e investe no potencial transformador da experiência artística.
 
Corpo Cidadão
A parceria com a Cimentos Liz começou em março e os trabalhos com os jovens e crianças em agosto de 2014. Cerca de cem alunos das escolas municipais Herculano Liberato de Almeida (Lagoa Santa) e Vovó Mariquita (Vespasiano) desenvolvem seu potencial em aulas de artes visuais, dança e música.
Anualmente é criada uma Mostra a partir de um tema que seja relevante para o desenvolvimento dos jovens e que aborda transversalmente as atividades desenvolvidas ao longo do ano.
No Corpo Cidadão, todas as atividades são gratuitas.

 Mais informações: (31) 3264 4497












 

Projeto Amigos do Judô, formando campeões



OBJETIVO DO PROJETO

Com o intuito de propiciar atividade física de qualidade e responsabilidade, tendo aulas ministradas por profissionais qualificados e especializados, o Projeto Amigos do Judô, de iniciativa privada, objetiva ensinar, orientar, acolher, educar, crianças, jovens, adultos e idosos, gratuitamente, por meio da prática da arte marcial japonesa Judô.

PUBLICO ALVO
O publico alvo inicial do Projeto Amigos do Judô são crianças e jovens, masculino e feminino, com faixa etária compreendida entre 4 a 16 anos, estendendo o atendimento a pessoas de todas as idades.

LOCAL DOS TREINOS
Os treinos são ministrados na quadra do Colégio Maxxi e no Colégio Palomar (parceiros do projeto).

PARCERIAS
Outros parceiros importantes do Projeto Amigos do Judô são: a Prefeitura Municipal de Lagoa Santa, a Liga Mineira de Judô que fornece os qualitativos técnicos de avaliação, apoio, orientação, inscrições, dentre outros, a Academia Tatami de Judô, disponibilizando profissionais do judô, acompanhamento técnico, tático, avaliações, orientações técnico pedagógicas, apoio social, psíquico, fisiológico, dentre outros e cedendo o espaço físico para o treinamento especializado, o Colégio M2 apoiando, incentivando e ofertando bolsas de estudos para crianças destaques na modalidade, Faculdade da Saúde e Ecologia Humana – FASEH incentivando por meio da viabilização de bolsa de estudo para atletas.

IDEALIZADORES DO PROJETO
Galileu Paiva

• Shiran (Mestre) Faixa coral de Judô *8º DAN
• Presidente da Liga Mineira de Judô.
• Fundador da Academia Tatami: referência do Judô em Minas, no Brasil e no Mundo desde 1969.
Adriana Barbosa do Nascimento Silva
• É esposa do Comandante da 181 Cia de PMMG de Lagoa Santa Tenente J. Silva;



• Graduada em Educação Física pelo UNI/BH;
• Especializada em treinamento Físico para Atletas de Judô;
• Faixa Preta de Judô;
• Faixa Marrom de Jiu-jitsu;
• Professora de Educação Física;
• Atleta diversas vezes campeã, inclusive mundial.

Marcos Barbosa
• Professor de Judô Faixa Preta;
• Graduado em Educação Física.
• Diretor da empresa Atrative & Companhia Ltda - Organizações e Eventos;

HISTÓRICO DO JUDÔ
Judô significa: caminho suave ou caminho da suavidade. Trata-se de um Esporte Olímpico de combate, praticado como arte marcial. O seu fundador foi Jigoro Kano no ano de 1882.
Os seus principais objetivos são fortalecer o físico, a mente e o espírito de forma integrada, além de desenvolver técnicas de defesa pessoal.
O judô teve uma grande aceitação em todo o mundo, pois Kano conseguiu reunir a essência dos principais estilos e escolas de jiu-jitsu a outras artes de luta praticadas no Oriente e fundí-las numa única e básica.
A vestimenta utilizada nessa modalidade é o quimono (judogui), e que, com o cinturão (obi), forma o equipamento necessário à sua prática.
O Judô atualmente é um dos esportes mais praticados, pois não restringe seus adeptos a homens com vigor físico e estendendo seus ensinamentos para mulheres, crianças e idosos.
O Judô tem um cunho educativo disciplinador, de formação eficiente, de qualificação positiva do seu praticante enquanto cidadão de bem contribuindo para a qualidade de vida e bem estar social, sendo esses qualitativos reconhecidos pela Organização das Nações unidas (ONU), Organização Mundial da Saúde (OMS), UNESCO, dentre outros, como o esporte mais completo e disciplinador na formação do ser humano como um todo.
A prática desportiva exige do atleta dedicação, treinamento, disciplina, organização, comprometimento, garra, força, fé, foco, dentre outros requisitos.
Aquele que não crê, que demonstra desânimo, nunca será um vencedor. Assim como aquele que não cuida da sua forma física, pois sucumbirá mediante as exigências das atividades físicas.
Desta maneira, aquele que se alimenta bem, que se dedica que se esforça, terá uma probabilidade maior de vitórias. Somam-se a isso os ensinamentos técnicos e táticos que completam a formação do Atleta.
O Atleta estará sempre superando obstáculos em busca da vitória, num aprendizado constante e sistematizado. Cada competição, cada treino, cada experiência individual, contribuirá para o alcance do tão sonhado prêmio.
O Judô associado a uma vida saudável e cristã ensina a respeitar, ter paciência, acreditar, cair, levantar, recomeçar, melhorar, capacitar, superar.

METODOLOGIA DE ENSINO DO PROJETO AMIGOS DO JUDÔ
• Ensinamento da História das Artes Marciais;
• Ensinamento do Histórico do Judô;
• Ensinamento do Caminho suave para a vida por meio de princípios cristãos, de ética social e moral;
• Ensinamentos de princípios morais e éticos do Judô;
• Ensinamento dos fundamentos básicos do Judô:
• Saudações;
• Posturas;
• Movimentação sobre os tatamis;
• Amortecimentos de quedas;
• Movimentos de giro;
• Formas de pegada;
• Desequilíbrios;
• Fundamentos do nage waza (Técnicas de projeção)
• Utilização das diversas formas de treinamento do Judô;
• Graduar os alunos de acordo com o conhecimento que o praticante for adquirindo, observados mérito em aula, boletim escolar, disciplina na escola e em casa, boa alimentação e respeito aos pais e autoridades em geral.
• Ensinamento dos termos de arbitragem do judô.

RESULTADOS ALCANÇADOS EM 2014
Ao longo do ano, o Projeto Amigos do Judô participou das três etapas do Campeonato Mineiro de Judô (classificatórias para o Brasileiro) promovido pela Liga Mineira de Judô, tendo obtido o êxito de classificação de 30 atletas para disputarem o “XIV Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô”.

Data: 01/11/2014
Local: Ouro Preto/MG - UFOP
Nº Atletas Participantes: 1500



RESULTADOS OBTIDOS POR ALUNOS DO PROJETO AMIGOS DO JUDÔ
Nº Atletas Classificados: 30

Vitórias Alcançadas:
• 08 Medalhas de Ouro Categoria Brasileirinho;
• 01 Ouro Adulto;
• 01 Prata Adulto;
• 01 Bronze Adulto.

COM DESTAQUE PARA
Adriana Barbosa do Nascimento Silva:

Ouro na Categoria Leve - Master 2
Prata na Categoria Nage-no-Kata
Conheça parte do curriculum de uma das idealizadoras do Projeto, “Amigos do Judô” em Lagoa Santa:

Adriana Barbosa do Nascimento Silva
Equipe: Academia Tatami Judô Clube
Liga Mineira de Judô
Categoria: Leve/ Máster

Profissão:
• (2000 – atual) Professora de Educação Física e monitora de Judô.

FORMAÇÃO ACADÊMICA SUPERIOR
2000-2004: Graduação em Educação Física - UNIBH.
2011 - Atual: Bacharelando em Direito – Faculdade - FASEH ( 6º PERIODO)
2013 - Atual: Graduando em Atividades Físicas para Grupos Especiais– UFOP.
2004: Curso de Formação e Graduação em Artes Marciais.



O que é o Nage-no-kata
Historicamente, a formulação do nage no kata por Jigoro Kano coincide com as origens do judô. Em 1908 foi realizada uma reunião de professores e instrutores em Kioto, no Dai Nippon Butokukai, onde todas as técnicas foram estudadas e o nage no kata foi padronizado conforme a formulação original de Jigoro Kano. No período entre 1920 e 1938 houve um grande desenvolvimento do kata no Japão e foi mantido como método de treinamento junto com o randori. Após a morte do Jigoro Kano, houve um grande declínio da prática do kata até 1949, data na qual se inicia o ressurgimento do kata no Japão, especialmente com dois grandes eventos: a formulação na Kodokan do Goshin Jitsu, em 1956, e o Congresso Nacional para padronização de todos os katas,
em 1960.

COMO PARTICIPAR DO PROJETO AMIGOS DO JUDÔ:
Contatos:

Professora Adriana Barbosa: (31) 8548-8320






 


Página 1 de 25